Renda Brasil já tem data de lançamento e deve atender 21 milhões de famílias

0
459

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, trabalha no Programa Renda Brasil. O programa vai substituir o Bolsa Família, e deve começar a vigorar a partir de janeiro de 2021, a pedido de Bolsonaro. Essa é a maior aposta de Jair Bolsonaro na área social.

É provável que você também goste:

Caixa antecipa lucros do FGTS e os trabalhadores já podem consultar

Renda Brasil já tem data de lançamento e deve atender 21 milhões de famílias

Primeiramente, o governo não deixar uma lacuna de tempo entre o término do auxílio emergencial e o Renda Brasil. Isso é considerado fundamental para aumentar a sua popularidade, e o novo programa social. Há discussões para prorrogar o auxílio até o fim deste ano, mas ainda não há nada definido.

O Renda Brasil tem a previsão de atender de 20 a 21 milhões de famílias. Além disso, o programa deve aumentar o valor médio do Bolsa Família. Atualmente o valor é de R$ 190, e deve aumentar para algo em torno de R$ 300 por mês.

Entretanto, isso vai pressionar os gastos públicos, obrigando o governo a cortar verbas de outros programas, como aqueles considerados ineficientes pelo governo. Por exemplo, o abono salarial, bem como privilégios nos salários do funcionalismo público. Os programas poderão ser cortados para garantir mais verba para o novo Bolsa Família. O Renda Brasil foi pensado para compensar o fim do auxílio de R$ 600.

Em entrevista ao Datena, no programa Brasil Urgente no dia 14 de agosto, o Ministro da Cidadania – Onyx Lorenzoni se manifestou a respeito, Onyx afirmou que o governo dificilmente vai conseguir estender o auxílio emergencial. Ele também disse que o governo pretende compensar o fim do auxílio emergencial com o Programa Renda Brasil.

Fonte: Exame

Imagem de Joel santana Joelfotos por Pixabay

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here